Principais termos do Mercado de Opções. Fique afiado com o glossário Atom!

emais-estadao-mulheres-positivas-mulheres-positivas-carol-paiffer

Essa semana no Mulheres Positivas, foi a vez de Carol Paiffer, da ATOM Participações S. A. e da Atom Educacional, única mulher presidente
de empresa listada na Bolsa de Valores, um universo tradicionalmente muito masculino. Formada em Administração de Empresas, é também uma das poucas mulheres que ocupam a cadeira de CEO no Brasil (já que são apenas 5% no cargo). Além disso, já correu três maratonas pelo mundo (42 km em Miami, Mendonza e Florença), pratica hipismo, ciclismo e futsal.

 

1. Como começou a sua carreira?

Comecei no mercado financeiro logo meu primeiro ano de faculdade de Administração de Empresas, mas trabalho desde pequena com minha mãe. Antes mesmo de trabalhar com ela, já tinha até uma horta de alface em casa que vendia para os vizinhos. Na Bolsa de Valores, minha área hoje, a história é longa. Eu ia fazer faculdade de moda quando decidi primeiro fazer Administração de Empresas para aprender a administrar minha futura empresa, sem riscos de leva-la a falência. Assim, depois poderia fazer um vestibular de moda ou fazer fora do Brasil. Mas nesse mesmo ano minha vida mudou. Meu irmão também fez Administração e o professor dele de economia o incentivou a conhecer a Bolsa de valores. Como sempre fomos muito próximos, ele me levou para conhecer também. Foi amor à primeira vista! Começamos estagiando no escritório desse professor, mas logo montamos o nosso. Começamos com um Asset (gestora) e agora a Atom é uma empresa que opera apenas nosso dinheiro e ensina pessoas comuns a operar na Bolsa e contrata elas para operar com nosso dinheiro sem risco para elas.

 

2. Como é formatado o modelo de negócios do (incluir aqui o nome do seu negócio) ?

A Atom Participações S.A é uma empresa listada na Bolsa de Valores. Atuamos com um modelo simples em que somos como um “Uber do mercado financeiro”: contratamos as pessoas para operar nosso dinheiro, porém como muita gente não sabe nada de Bolsa de Valores também temos uma frente de atuação voltada para educação. Temos hoje uma rede de franquias, a Atom Educacional, que são escolas espalhadas pelo Brasil para compartilharmos o conhecimento que adquirimos em 14 anos de operação na Bolsa de
Valores. Para começar, a pessoa passa por um teste de operação da Bolsa em simulador como se tivesse com dinheiro de verdade. Aprovada, ela pode fazer isso por uma ou duas horas por dia, de qualquer lugar do mundo, inclusive do celular.

 

3. Qual foi o momento mais difícil da sua carreira?

Um dos momentos mais difíceis foi a tomada de decisão para comprar, junto de meu irmão, de uma empresa que era já listada na Bolsa de Valores, a antiga Inepar Telecom, que hoje é a Atom Participações S.A. Outro ponto foi aprender a lidar com CVM – Comissão de Valores Mobiliários e mostrar que somos uma empresa séria e assim ganharmos propriedade nesse mercado.
Agora o mais difícil mesmo é o desafio pessoal. Me tornei uma CEO antes dos 30 anos em uma empresa listada na Bolsa de Valores. Atuar em um ambiente convencionalmente masculino é sempre um grande desafio.

 

4. Como você consegue equilibrar sua vida pessoal x vida corporativa/empreendedora?
Aprendi a ser disciplinada. Organizo sempre minha agenda e preparo meu dia. Amo esporte e corro sempre pela manhã, pois sei que a noite nem sempre consigo. Gosto de me alimentar direito e passar o final de semana com minha família, que mora no interior. Não deixo de ver meus amigos ou viajar em datas importantes, além do fato de amar tanto o que faço que nem percebo que estou trabalhando.

 

5. Qual o seu maior sonho?

Mudar a educação financeira no Brasil! Montei recentemente um conteúdo voltado para crianças e assim estou levando conhecimento sobre dinheiro para todos cantos e públicos. Considero essencial que todas as pessoas tenham acesso a isso para, então, mudarmos o
Brasil.

 

6. Qual a sua maior conquista?

Acho que as maiores conquistas ainda estão por vir! Mas penso que a maior conquista é ter me tornado CEO da Atom e ser também sócia-fundadora do Instituto Êxito, que ajuda quem não tem condições a ter conteúdo sobre empreendedorismo e dinheiro.
Tenho também orgulho de ser a única mulher junto a 34 homens visionários no Instituto Êxito Empreendedores, entidade visa despertar o espírito empreendedor nos jovens carentes, principalmente os da rede pública de ensino. Foi uma honra receber o convite do Janguiê Diniz, presidente do Instituto e controlador do grupo Ser Educacional, para participar. Isso me motiva todos os dias!

 

7. Livro, filme e mulher que admira

Livro: O Sonho Grande, Poder do Hábito, MIndset e Mentes Brilhantes Rombos Bilionários. E, claro, o livro que quero lança.

Série: 4Traders: uma história de 4 mulheres traders vivendo em NY, inspirado em Sex and City (uma das minhas séries prediletas junto a Billions).

Mulher: Sou fã de muitas mulheres, mas em casa a disputa é boa: minha mãe, minha avós, minha irmã e agora minha sobrinha (que ainda é uma menina, porém, dá um show em muita mulher de 40
anos).

 

 

Entrevista original: https://emais.estadao.com.br/blogs/mulheres-positivas/mulheres-positivas-camille-lages/


Deixe um Comentário